Na foto, manifestantes diante da câmara municipal de Santos, num dos melhores momentos do dia

O protesto dos sindicatos dos servidores municipais de Santos, Guarujá, Praia Grande e São Vicente contra a proposta de emenda constitucional (pec) 32-2020, nesta quarta-feira (18), atingiu os objetivos.
Seus presidentes, Fábio Marcelo Pimentel, Zoel Garcia Siqueira, Adriano Roberto Lopes da Silva ‘Pixoxó’ e Edson Paixão ficaram contentes com o resultado.
“Começamos a manhã na Praia Grande e terminamos a tarde no Guarujá, passando por São Vicente e Santos. Foi uma caravana de sucesso”, diz Fábio.
“Conseguimos sensibilizar muitos servidores e populares contra a ‘pec’ da deforma administrativa, espalhando informações e angariando apoios”, salienta Zoel.

Governo
do contra

“Foi mais uma etapa da luta contra esse atentado ao funcionalismo e principalmente à população, que poderá ficar sem os servidores públicos essenciais”, completa Pixoxó.
“Mostramos a centenas de pessoas, por onde passamos, que o presidente Bolsonaro e seu ministro da economia, Paulo Guedes, trabalham contra o povo”, diz Edson.
A maratona dos sindicalistas começou às 8h30, na câmara de Praia Grande, onde foram recebidos pelos vereadores Emerson Camargo dos Santos (PSL) e José Carlos dos Santos (SDD).
Segundo Pixoxó, os vereadores Marcos Rogério Câmara (MDB) e Rodrigo Rosário dos Santos (PP) estavam a caminho, mas foram impedidos por motivos distintos e justificaram a ausência.

Decepção
em São Vicente

No plenário, Fábio, Zoel, Pixoxó, Edson e a diretora financeira do sindicato de São Vicente, Mara Valéria Giangiulio, coordenadora do movimento ‘Basta’ na região, discursaram contra a ‘pec’.
De lá, a comitiva seguiu para São Vicente, onde nenhum vereador os recebeu. Tentaram ainda uma conversa no gabinete do prefeito Kaio Amado (Pode), mas não foram atendidos.
Após o almoço, o grupo seguiu para Santos, onde foram calorosamente recebidos, diante da câmara municipal, pela vereadora Telma de Souza (PT).
Na oportunidade, o diretor de comunicação do Sindest, Daniel Gomes, enalteceu a participação da vereadora na luta contra a ‘pec’. Ela reiterou o apoio ao movimento.
A vereadora Débora Camilo (PSOL) também discursou no ato e colocou seu gabinete à disposição dos servidores, inclusive para a luta contra as mudanças no instituto de previdência propostas pela prefeitura.
Segundo Telma, o vereador Chico Nogueira (PT) pediu que ela o representasse. Para Daniel Gomes, “os dois, junto com Débora, formam importante base de apoio do funcionalismo”.

Estudantes
e trabalhadores

Os presidentes do sindicato dos operários portuários (Sintraport) e da sua associação de aposentados, Claudiomiro Machado Miro e Luiz Augusto de Almeida Filho, estiveram presentes.
O presidente e o secretário-geral do sindicato dos trabalhadores nos estabelecimentos de saúde, Ademir Joaquim Irussa e Marcelo Alexandre Câncio dos Santos, acompanharam os manifestantes.
O diretor do sindicato dos jornalistas Carlos Norberto Souza disse que a reforma “é um grande engano porque não vai melhorar a vida dos servidores nem da população”.
A presidente do centro dos estudantes de Santos (CES), Aline Cabral, disse que a ‘pec’ acaba com os sonhos dos jovens que estudam para fazer concursos públicos.
O ex-presidente da UEE SP (união estadual dos estudantes), Caio Yuji de Souza Tanaka, falou em nome do PCdoB e disse que a ‘pec’ “é uma atrocidade que será derrotada com unidade”.

No paço
de Guarujá

Em seguida, os sindicalistas rumaram para Guarujá, onde, pelo adiantado da hora, resolveram fazer o ato diante da prefeitura, chamando a atenção de muitos servidores.
Fábio classificou o movimento de “caravana da resistência e conscientização. Resistimos à maldade do governo contra os servidores e a população. A luta continua”.
Zoel destacou que “em todo o país houve a mesma mobilização contra a ‘pec’ que pretende acabar com os servidores e os serviços públicos garantidos constitucionalmente”.
Pixoxó garantiu que “a luta não terminará até a derrota da ‘pec’, que deveria atingir os apaniguados do poder e não os servidores que atendem a população nas cidades”.

Siga e Compartilhe
error0

Sem Comentários

Você pode postar primeiro comentário resposta.

Deixe Um Comentário

Por favor, insira seu nome. Digite um endereço de e-mail válido. Digite uma mensagem.