Na foto, ‘card’ do sindicato dos servidores anuncia o programa desta terça-feira

O protesto de quarta-feira (18) contra a ‘pec’ 32-2020, da reforma administrativa, será detalhado na ‘live’ do Sindest, às 19 horas desta terça-feira (17), com transmissão pelo Facebook e Youtube.
Sindest é o sindicato dos 12 mil servidores municipais estatutários e 4 mil aposentados de Santos, cujas ‘lives’, toda terça-feira, alcançam grande audiência do público interno e externo.
A proposta de emenda constitucional (pec), do ministro da economia, Paulo Guedes, e do presidente Jair Bolsonaro, revoga direitos do funcionalismo municipal, estadual e federal.
A medida também desfaz direitos sociais garantidos pela constituição de 1988, principalmente nas áreas de saúde, educação e segurança, prejudicando mais de 90% dos 211 milhões de brasileiros.
Na quarta-feira, haverá protestos em todo o país, com apoio das centrais sindicais e da organização das manifestações populares como as ocorridas no final de maio, em junho e julho.

Começa na
Praia Grande

Os sindicatos dos servidores municipais de Santos, Guarujá, Praia Grande e São Vicente divulgaram, na quinta-feira (12), uma agenda das atividades que desenvolverão nesta quarta (18).
Na ‘live’, os presidentes dos sindicatos de Santos, Praia Grande e São Vicente, Fábio Marcelo Pimentel, Adriano Roberto Lopes da Silva ‘Pixoxó’ e Edson Paixão, falarão sobre o evento.
A diretora financeira do sindicato de São Vicente e coordenadora do movimento ‘Basta’ na região, Mara Valéria Giangiulio, estará presente. E a diretora do Sindserv Guarujá Sandra Regina de Barros, também,
Na quarta-feira, às 8 horas, os sindicalistas da região, inclusive de categorias regidas pela consolidação das leis do trabalho, chegarão à câmara municipal de Praia Grande, para um ato público às 8h30.

Final será
em Guarujá

De lá, às 10 horas, os manifestantes seguirão em carreata para São Vicente, onde farão ato público, às 10h30, na câmara de vereadores. Das 12 às 13 horas, haverá pausa para almoço.
Às 13h30, o grupo, formado também por populares interessados em defender seus direitos sociais, seguirá para Santos, onde haverá concentração, às 14h30, na sede do legislativo.
Às 16 horas, a caravana chegará à câmara de Guarujá, onde será encerrado o dia de protestos, acompanhado por carros de som dos sindicatos e marcado pela distribuição de panfletos contrários à ‘pec’.
Essa data foi decidida em plenária nacional de servidores que reuniu virtualmente 5 mil trabalhadores, em 29 e 30 de julho. Também no dia 30, a organização dos protestos de rua aderiu ao movimento.

Siga e Compartilhe
error0

Sem Comentários

Você pode postar primeiro comentário resposta.

Deixe Um Comentário

Por favor, insira seu nome. Digite um endereço de e-mail válido. Digite uma mensagem.