Na foto, o candidato a prefeito delegado Romano (DC)

Continuam, nesta terça-feira (27), às 21 horas, as ‘lives’ do sindicato dos servidores estatutários (Sindest) com os candidatos à prefeitura de Santos. Desta vez, com o delegado Romano (DC).
Carlos Alberto de Sá Romano, delegado de policia civil e professor universitário, foi das forças especiais do exército e tem especialização em combate ao crime organizado em Roma.
Como delegado titular em Praia Grande, Romano diz ter sido pioneiro na implantação de atendimento humanizado nas delegacias de do estado de São Paulo.

Cascione pelo
reajuste salarial

Na sexta-feira (23), o candidato Vicente Cascione (Pros) disse que, apesar da lei complementar 173-2020, qualquer prefeito pode conceder reajuste salarial aos servidores.
“Nenhuma justiça isenta deixaria de dar razão ao prefeito que concedesse reajuste, ainda mais quando o município está longe do teto de gastos previsto na lei de responsabilidade fiscal”, disse.
“Antes de dizer que servidor é privilegiado, é preciso dizer que tipo de servidor. Não podemos pôr no mesmo balaio o professor e o desembargador”, ponderou Cascione.

Contra
Rogério Santos

As ‘lives’ começaram em 4 de setembro e por ela já passaram Thiago Andrade (PCdoB), Douglas Martins (PT), Antônio Carlos ‘Banha’ Joaquim (MDB), Tanah Corrêa (Cidadania), Moysés Fernandes (PV), Bayard Umbuzeiro (PTB) e João Villela (Novo).
Fábio Pimentel diz que todos os candidatos foram convidados, menos o do PSDB, Rogério Santos, porque, segundo ele, o prefeito Paulo Barbosa, do mesmo partido, “não cumpriu palavras empenhadas com a categoria”.

Próximos
convidados

Nesta sexta-feira (30), o convidado será Márcio Aurélio (PDT). E, finalizando o ciclo, em 3 de novembro, Ivan Sartori (PSD). O sindicato também fará ‘lives’ no segundo turno.

Siga e Compartilhe
error0

Sem Comentários

Você pode postar primeiro comentário resposta.

Deixe Um Comentário

Por favor, insira seu nome. Digite um endereço de e-mail válido. Digite uma mensagem.