Nas fotos, manifestação diante do paço e reunião do Sindest, servidores e secretário de saúde

 

A secretaria de saúde de Santos implantará esquema especial de segurança no hospital municipal da zona noroeste, onde uma enfermeira foi violentamente agredida na semana retrasada.

A medida foi anunciada pelo secretário Fábio Alexandre Fernandes Ferraz, na tarde desta quarta-feira (22), em audiência com o sindicato dos servidores municipais estatutários de Santos (Sindest).

Ele disse ao presidente Fábio Marcelo Pimentel, a outros diretores do sindicato e a sete trabalhadores e trabalhadoras do hospital Arthur Domingues Pinto que resolverá o problema.

A primeira providência será a abertura de licitação para contratar firma terceirizada de segurança, apesar dos sindicalistas preferirem que o serviço seja feito pela guarda municipal.

Enquanto o processo licitatório não for concluído, a administração do hospital controlará o fluxo de pacientes e acompanhantes, evitando que pessoas além do necessário circulem pelos corredores.

A enfermeira Maria Lúcia de Lima foi agredida, no dia 10, sexta-feira retrasada, de forma covarde e violenta, por duas mulheres que acompanhavam um paciente.

Porteiros concursados

O controle de entrada e saída deverá ser feito por meio de porteiros concursados que precisam ainda ser nomeados. Nesse meio tempo, os próprios servidores do hospital se revezarão na atividade.

Para facilitar o serviço, quatro das seis portas do prédio serão fechadas. Por elas entram estranhos, assaltantes e moradores de rua, inclusive com animais, em busca de local para dormir.

Outra medida será o fornecimento de pulseiras coloridas para distinguir atendimento de urgência, emergência e para apenas um acompanhante.

Enquanto aguarda a licitação da segurança privada, contra o que insistiu o presidente do sindicato, a secretaria de saúde pediu reforço à guarda municipal.

As medidas agradaram aos servidores e sindicalistas, que se reunirão, no hospital, em 5 de setembro, com o secretário ou representante, para avaliar os resultados práticos.

Na próxima terça-feira (28), o sindicato se reunirá, com os servidores, para averiguar se as medidas estão dando certo. A audiência foi precedida de ato público, com carro de som e faixas, diante do paço.

Sindicato dos Servidores Estatutários Municipais de Santos (Sindest, filiado à Fupesp e NCST).

Rua Monsenhor de Paula Rodrigues, 73, Vila Mathias, Santos, 13-3202-0880, contato@sindest.com.br , www.sindest.com.br .

Presidente: Fábio Marcelo Pimentel. Diretor de imprensa: Rogério Catarino.

Redação: Paulo Passos MTb 12.646, matrícula sindical 7588 SJSP.

Siga e Compartilhe
error0

Sem Comentários

Você pode postar primeiro comentário resposta.

Deixe Um Comentário

Por favor, insira seu nome. Digite um endereço de e-mail válido. Digite uma mensagem.