Na foto, presidente Fábio Pimentel, em Assembleia, ocorrido no dia 13/03/2018

Mais uma vez, a assembleia do sindicato dos servidores estatutários municipais de Santos (Sindest) recusou, na noite desta terça-feira (13), nova proposta da prefeitura para renovação do acordo coletivo dos 11 mil trabalhadores da ativa e 3 mil aposentados, com data-base em fevereiro.
“Não poderia ser diferente”, diz o presidente do sindicato, Fábio Marcelo Pimentel. “A proposta é praticamente a mesma apresentada na semana passada. Está muito aquém das necessidades do funcionalismo e do que a prefeitura pode oferecer para compensar nossas perdas”.
“O único e insatisfatório avanço foi o reajuste de aproximadamente 9% na cesta básica estendido aos aposentados que recebem até quatro salários mínimos”, explica o sindicalista. “O restante continua tal qual o apresentado há poucos dias”.
A categoria voltou a recusar os 2% de reajuste em fevereiro, mais 1% em agosto, propostos pela prefeitura. O sindicato contrapropõe 3% nos salários em fevereiro e 2% em julho. Fábio lembra que a nova proposta não cita o reajuste no vale refeição.

Protesto
A assembleia aprovou que, caso a prefeitura não responda até sexta-feira (16), o sindicato fará ato público, na segunda (19), diante do paço municipal, na praça Mauá, Centro, com carro de som, panfletagem e apresentações de arte popular.

Sindicato dos Servidores Estatutários Municipais de Santos (Sindest, filiado à Fupesp e NCST).
Rua Monsenhor de Paula Rodrigues, 73, Vila Mathias, Santos, 13-3202-0880, contato@sindest.com.br , www.sindest.com.br .
Presidente: Fábio Marcelo Pimentel. Diretor de imprensa: Rogério Catarino.
Redação e fotos: Paulo Passos MTb 12.646, matrícula sindical 7588 SJSP.

Siga e Compartilhe
error0

Sem Comentários

Você pode postar primeiro comentário resposta.

Deixe Um Comentário

Por favor, insira seu nome. Digite um endereço de e-mail válido. Digite uma mensagem.