Na foto, diretores do Sindest Betinho Damásio e Pedro da Matta apontam elevador quebrado no prédio do bairro Encruzilhada

O elevador do prédio do Samu da Rua Barão de Paranapiacaba, 242, bairro Encruzilhada, em Santos, está quebrado desde dezembro e sem perspectiva de conserto imediato.
Quem reclama é o diretor do sindicato dos servidores estatutários municipais (Sindest) Pedro Rodrigues da Matta, que cobrou providências da secretaria de saúde.
“A resposta é que uma peça está quebrada e ponto”, protesta o sindicalista. Segundo ele, no local trabalha um servidor cadeirante. E muitas pessoas têm dificuldade para subir e descer a escada.
Para o presidente do sindicato, Fábio Marcelo Pimentel, “além de desrespeitar a lei da acessibilidade, a prefeitura comete um crime bem maior, que é a precarização do serviço público”.
Fábio acha que o prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) “vem deliberada e seguidamente desmontando e degradando os equipamentos públicos de saúde”.

Sindicato dos Servidores Estatutários Municipais de Santos (Sindest, filiado à Fupesp e NCST).
Rua Monsenhor de Paula Rodrigues, 73, Vila Mathias, Santos, 13-3202-0880, contato@sindest.com.br , www.sindest.com.br .
Presidente: Fábio Marcelo Pimentel. Diretor de imprensa: Rogério Catarino.
Redação e fotos: Paulo Passos MTb 12.646, matrícula sindical 7588 SJSP.

Siga e Compartilhe
0

Sem Comentários

Você pode postar primeiro comentário resposta.

Deixe Um Comentário

Por favor, insira seu nome. Digite um endereço de e-mail válido. Digite uma mensagem.